quarta-feira, 9 de outubro de 2013

SER GOUINE

Até que enfim um texto interessante sobre sexo sem penetração e com opinião de especialistas.

Saiu no UOL/Mulher e GAY1

E a matéria cita o grupo Gouinage-SP.

Nem ativos nem passivos. "Gouines" são gays que não curtem penetração

  • Gouine é o termo francês usado para se referir às lésbicas e foi adotado para classificar homens que se relacionam com outros homens, mas não gostam de penetração -ou, simplesmente, gouinage
No mundo homossexual, há os que se dizem passivos (têm prazer ao serem penetrados), os ativos (que curtem penetrar) e os versáteis (que praticam os dois papéis na cama). Mais recentemente, tem surgido nas redes sociais e nos aplicativos de "pegação" um grupo de gays que se autodenomina de "gouine".

O termo, em francês, é usado para se referir às lésbicas e foi adotado para classificar homens que se relacionam com outros homens, mas não gostam de sexo anal –ou, simplesmente, "gouinage".
Desde o final da década passada, a prática vem sendo abordada em reportagens publicadas por revistas de temática gay na Europa. No Brasil, os primeiros grupos de "gouines" começam a se formar. Um deles está no Facebook, o Gouinage SP, que foi criado recentemente pelo autônomo Sergio Akio, 40. O espaço virtual serve para quem curte esse tipo de relação sexual conhecer seus pares.

Um comentário:

Anônimo disse...

Sinceramente, e na boa, Gouines não são gays, gouines são gouines e pronto.

O povo do arco-íris sabe que os gays nos discriminam, até eles mesmos não nos tratam como iguais, e realmente não somos iguais, nós nos preservamos.